Você sabe como previnir os Pelos encravados?

Postagem com indicação da Depile-se.

A consultora técnica da rede Depile-se, Bruna Almeida, afirma que a esfoliação é importante para amenizar os efeitos do pelo encravado.


Eles crescem por debaixo da pele, incomodam, às vezes inflamam e podem até virar cistos.

Alguns fatores contribuem de forma direta para o aparecimento deles: o atrito do pelo com roupas muito apertadas e uma depilação não adequada, como explica a consultora técnica da rede Depile-se, Bruna Almeida.

Os pelos mais grossos e enrolados são mais resistentes. Se depilados da forma incorreta, com uma lâmina – por exemplo – acabam encravando pois não saem pela raiz e o pelo acaba, digamos, voltando para a pele, então inflama e encrava, é o que chamamos de foliculite“, afirma Bruna.

De acordo com ela para evitar que isso aconteça é ideal esfoliar a área a ser depilada, antes e depois.

Já as regiões do buço, virilha e axila são mais sensíveis e delicadas, assim necessitam de maior atenção.

A pele tende a ser mais fina e ficar irritada facilmente, o ideal é ter cuidado com a depilação feita. Na Depile-se temos uma cera especial para essas regiões e o método da depilação é diferente das demais: usamos a cera de abacate que promove suavidade e tranquiliza a pele“, Comenta a Consultora Técnica.

Existe um método facilita o problema do pelo encravado?

Segundo Almeida, todo método acaba deixando a pele exposta, mas caso o pelo esteja encravado, ela indica que o ideal é esperar sarar e, se muito inflamada a região, procurar um dermatologista para ele receitar o tratamento correto.




Destaques

6 comments

  1. Sofro com esse problema, achei bem útil o artigo.

Comente agora mesmo!